Desenho para retratar a depressão.

A Equoterapia no tratamento da Depressão

Desenho para retratar a depressão.

A depressão atinge mais de 300 milhões de pessoas no mundo, de acordo com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Interação social, questões psicológicas e físicas, experiências traumáticas e algumas doenças fazem parte da complexidade de fatores que podem ser o gatilho para uma depressão.
Entre os principais sintomas estão: tristeza, angústia, culpa, perda de interesse por atividades antes prazerosas, desânimo, cansaço, irritabilidade, perda de energia e da concentração, comprometimento da memória, isolamento, distúrbios do sono e alimentação, queixa de dores, ideação suicida.
A Equoterapia tem se mostrado um verdadeiro “remédio” contra a depressão, apresentando muitos benefícios na interação entre homem e animal, principalmente para os pacientes que apresentam dificuldade em criar vínculos com a terapia.
O simples acariciar do animal proporciona relaxamento no indivíduo automaticamente, liberando serotonina e ocitocina, hormônios liberados em momentos de felicidade.
Também, o cavalo estimula a atividade cerebral, diminui a pressão arterial e ajuda a diminuir a sensação de dor ou desconforto, devido à liberação dos hormônios.
O cavalo aumenta a autoestima e a autoconfiança, reduz pensamentos negativos, melhora a coordenação motora, o equilíbrio, o bem estar, o humor, a atenção e a memória.
O contato com o cavalo também desenvolve agilidade, coragem, destreza, sensação e força, restaura a imagem corporal. Ao passo, o cavalo favorece o equilíbrio corporal e psíquico, causando tranquilidade.
O resultado de tudo isso é o despertar para a alegria de viver. O cavalo pode ajudar pessoas com depressão.
Concluindo, é importante lembrar que a Equoterapia deve ser aplicada por profissionais qualificados e certificados.

Um carinhoso abraço,

Silvana Gabriel Quintino Rodrigues Ω