O que é a Equoterapia?

É uma terapia auxiliar que utiliza o cavalo como instrumento cinesioterapêutico. O movimento tridimensional, variável, rítmico e repetitivo difere apenas 5% da marcha humana, fazendo com que o praticante (nome designado ao aluno ou paciente que monta o cavalo) receba informações somatossensoriais, proprioceptivas e vestibulares, buscando respostas adaptativas apropriadas ao estímulo.
Hipócrates 400 a. C. já havia utilizado o cavalo para regenerar a saúde de seus pacientes, mas só na década de 30, na Alemanha, a equitação tornou-se uma alternativa de cura.
A andadura do cavalo emite para o cérebro do praticante diversos estímulos. Após trinta minutos de exercício, são executados de 1,8 mil a 2,2 mil deslocamentos que atuam diretamente sobre o sistema nervoso profundo, responsável pela noção de lateralidade, equilíbrio e distância. A variedade de movimentos disponíveis pelo cavalo favorece o terapeuta associar outras técnicas terapêuticas potencializando os benefícios físicos e psicológicos.
Na Equoterapia não se ensina técnicas específica de equitação, mas sim estabelece melhores funções neurológicas e melhor processamento sensorial. A meta é desenvolver capacidades funcionais que permitam independência nas atividades de vida diária. O praticante participa da sua própria reabilitação e estabelece com o cavalo uma relação de carinho e confiança.
A equipe de profissionais tem caráter multidisciplinar e interdisciplinar, sendo necessário no mínimo três integrantes (um auxiliar-guia e dois laterais) para garantir o bom desempenho e a segurança do praticante.
Para ser incluído na atividade, o praticante necessita passar por uma avaliação médica e também por exames médicos. A equitação terapêutica pode se dividir nas áreas da saúde, educação, social e esportivo.
São incluídos na saúde, indivíduos com alterações físicas, psicológicas e/ou mentais; na educação, indivíduos com distúrbios de aprendizagem de diversas origens; no social, indivíduos com dificuldades em questões sociais como inclusão; no esportivo, indivíduos que podem praticar algum esporte equestre para competição.
O convívio com o cavalo e com a natureza produzem excelentes resultados. Respirar o ar limpo e fresco, observar os passarinhos e o verde das árvores melhora a qualidade de vida e proporciona experiências positivas.

Abraços,

Silvana Gabriel Quintino Rodrigues Ω