Desenho de uma família em frente à um cavalo.

Confiança dos pais dos praticantes na Equoterapia

Desenho de uma família em frente à um cavalo.Na Equoterapia costumamos conversar bastante sobre a confiança que se desenvolve entre animal e praticante, no entanto, poucas vezes conversamos sobre como é importante a confiança dos pais e familiares do praticante no cavalo.

Imagine como deve ser difícil para um pai e uma mãe levar o seu filho que precisa de tantos cuidados e atenção para montar um animal grande, forte e “perigoso”, aos olhos de quem não monta cavalos.

Sabemos que os filhos são sensíveis às emoções dos seus pais e cuidadores. Quando há nervosismo e insegurança deles com relação ao cavalo, muitas vezes os praticantes demonstram medo e resistência, limitando os benefícios da terapia.

Mais do que conversar com os pais e cuidadores sobre a segurança no animal, podemos criar situações que permitam o contato deles com o cavalo, claro, fora do horário da sessão do seu praticante.

Durante as sessões é importante que os acompanhantes fiquem em locais específicos e um pouco mais afastados, para não haver interferência no tratamento. Entretanto, não podemos isolar os familiares, devemos sabiamente conquistá-los e fazê-los também criar vínculo com o animal para que as sessões aconteçam de maneira mais leve e prazerosa.

Se coloque no lugar dos pais e sinta como são corajosos quando nos entregam os seus maiores tesouros.

Faça o melhor que puder!

Carinhoso abraço,

Silvana Gabriel Quintino Rodrigues Ω♥